O CAMINHEIRO, A BÍBLIA E A LEI ESCUTISTA.

Nós os escuteiros, estamos divididos em grupos, sendo estes, o alvo do próprio objectivo escutista. A classe está dividida em grupo de lobito, junior, senior e caminheiros, sendo estes, o último grupo organizado do escutismo. O Caminheiro é o irmão mais velho de todos outros grupos de escuteiros. Ele é o auxílio dos demais irmãos na fraternidade escutista.

O verdadeiro pão do caminheiro é a santa-ceia, este é um requisito de Jesus Cristo, nosso modelo que recomendou antes de ser morto para ressuscitar no 3º dia de sua morte.

O caminheiro deve estar pronto para servir, mas este serviço para além da disponibilidade deve suscitar grande entrega, uma vez garantindo a sua proeza e a sua benevolência ao espirito de entrega ao povo de Deus. O caminheiro é a aposta mais profunda do escutismo, uma vez considerada que é a ultima preparação que o escutismo faz para a Deus, a igreja, e a pátria. Se considerarmos que ele é o elemento que está preparado como adulto para a sociedade, mas primeiramente para Deus.

 

O CAMINHEIRO E A BÍBLIA.

A bíblia é uma coleção de textos religiosos, que dão suporte ao Cristianismo, como base sustentadora da palavra divina (inédito, Cangovi 2015). Ela é um livro escrita por homens inspirada por Deus.

A bíblia ainda nos diz que ela é divina, sendo que, “Toda escritura é divinamente inspirada e proveitosa…” (II Timóteo 3:16). Mais adiante neste mesmo livro escrito por Paulo a Timóteo, confirma que as escrituras servem para ensinar, repreender, corrigir e instruir em justiça, o que nos dá mais celeridade em acreditar neste livro sagrado.

Mas o mais complicado, é que ainda existe muita gente que não conhece este livro, ainda assim, a Bíblia, é o livro mais vendido a nível mundial, pena que muita gente não a lê. A própria bíblia nos exorta a ler a mesma, sendo esta aquela que guarda toda palavra divina e onde encontramos, a história da criação da humanidade, o caracter de Deus, o amor de Deus, a ordenança de Deus, o seu afecto, e o plano perfeito para o seu povo.

No livro de Oseias 4:6, Deus diz o seguinte: “O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta conhecimento…”. Na verdade, isto acontece, porque nós não queremos enxergar o conhecimento. Muitos caminheiros, nem pelo menos uma bíblia em casa tem, e se a tem, dificilmente lê, se lê, fá-lo somente no domingo ou sábado na igreja, o que ainda nos distancia mais de Deus.

No livro da vida, em Provérbios 1:5 diz que “o temor do Senhor é o princípio do conhecimento, mas os insensatos desprezam a sabedoria e a instrução”. Se o caminheiro não conhecer a bíblia, como andará nas veleiras da vida? Como ensinará o seu irmão mais novo? Como se aproximará mais de Deus? Como poderá conhecer o propósito de Deus em sua vida? O caminheiro deve ter temor ao Senhor e alcançará o conhecimento, não deverá desprezar a sabedoria nem a instrução.

Então, o caminheiro vai perguntar, como alcançar a sabedoria? Eu sinceramente não consigo responder, mas de certeza, a própria bíblia vai nos responder, vejamos:

Provérbios 3:5, diz o seguinte: “Confia no Senhor de todo seu coração e não te estribes no teu próprio entendimento”. Isto quer dizer que o nosso entendimento não é nada se não confiarmos em Deus, porque nós somos homens falhos, e somente Deus pode nos dar sua sabedoria.

No livro de Tiago 1:5 nos diz que “Ora, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça--a a Deus, que a todos dá liberalmente e não censura, e ser-lhe-á dada”. Aqui confirmamos exactamente que quem dá a sabedoria é Deus e pela sua graça confirmamos que tudo por Ele são todas as coisas.

Então, o caminheiro sabendo disso, não dirá que não tem sabedoria, porque Deus é com todos e pode tudo. Somente devemos confiar no Senhor, porque Ele é Deus, nos fez com todo amor segundo a sua semelhança.

É importante que o caminheiro saiba reconhecer que Jesus é o filho unigénito de Deus que veio ao mundo para nos salvar (João 3:16). Também o caminheiro tem que saber que todos pecamos e estamos destituídos da glória de Deus (Romanos 3:23) e ainda assim, as leis nos ajudam, as boas obras também, mas não nos salvam (Romanos 3:24), indo adiante, somos salvos pela graça de Deus e também pela nossa fé (Hebreus 11:1-4).

Temos que ter uma comunhão com o Deus vivo, e esta comunhão só é feita com oração ao Santíssimo Criador, que com seu poder nos anima e que através do nosso Salvador Jesus Cristo, nos ama e nos quer Bem.

O mesmo Jesus nos ensina a orar (Mateus 6:10) para termos comunhão e pedirmos tudo que quisermos a Deus.

Tiago 5:13-20, afirma que a oração é tão importante tanto mais é que nos momentos de sofrimento ela nos abranda o sofrimento, e nos momentos alegres devemos cantar hinos de louvor.

O CAMINHEIRO E A LEI ESCUTISTA

O caminheiro deve sempre na sua jornada escutista guiar-se pela lei. A lei escutista é um instrumento normativo que estabelece os critérios e as normas de convivência no seio do movimento escutista. Para tal, os caminheiros devem estabelecer critérios de cumprimento da mesma, aliás, Baden Powell, ao criar tais actos normativos, tinha como foco ajudar na convivência dos irmãos na fraternidade escutista, visionando a abertura do movimento aos demais que ainda não aderiram.

Hoje, vamos apenas falar de duas das 10 leis escutistas. Nos próximos boletos, falaremos dos demais em conformidade a Bíblia.

1.      A Honra do Escuta inspira confiança.

Esta lei escutista, e sendo a primeira, vem a nos afirmar a importância que a nossa honra inspira para nós próprios e para os demais.

O caminheiro deve ter uma atuação de forma a contemplar o seu verdadeiro caracter e o seu companheirismo. Nós somos aquilo que pensamos, mas valorizar a nossa honra é predeterminar o nosso sucesso em nossas vidas.

É necessário que com isto, o caminheiro tenha uma conduta de vida viável, designando e projectando um Projecto Para a Vida (PPV), um guia de acções que nos orientarão o nosso viver em cada dia, verificando o nosso próprio desempenho individual.

2.      O escuta é leal

O caminheiro deve sempre primar a sua vida pela lealdade, ser leal é velar sempre pela realidade que nos apraz fazer.

A bíblia em Êxodo 20:16, nos exorta a não mentirmos, a não darmos falsos testemunhos, porque é pecado. O caminheiro deve sempre dar bons exemplos a seus irmãos mais novos, como conduta viável a todos.

 

Sites importantes

Download
Regulamento da A.E.A
Para que os escuteiros tenham de uma forma organizada a regulamentação no que tange ao regulamento das acções que devem ser respeitadas e desenvolvidos por Agrupamentos, bandos, patrulhas e caminheiros no geral, dispusemos a todos escuteiros o Regulamento da Associação de Escuteiros de Angola, para que de uma forma ou de outra possam ter acesso a ele.
REGULAMENTO DA AEA.pdf
Adobe Acrobat Document 621.9 KB